Francisco Beltrão recebe Mutirão da Catarata

06/02/17 • 11:35
Francisco Beltrão recebe Mutirão da Catarata

O deputado Reichembach participou na manhã desta sexta-feira, 03, de evento que marcou a realização do Mutirão da Catarata, no Hospital Regional Walter Alberto Pécoits, em Francisco Beltrão. De acordo com o deputado, a ação demonstra que a saúde pública vem sendo tratada como prioridade no estado. “A operação de catarata é a mais feita na oftalmologia e evoluiu muito nas últimas décadas, o que permite que os procedimentos sejam feitos de forma mais segura para o paciente. A saúde deve receber investimentos constantes por parte do poder público e essa iniciativa, de realizar cirurgias de catarata em pessoas que estavam há meses na fila de espera, demonstra essa preocupação ”, afirma.

O mutirão é realizado por meio de parceria do Governo do Estado, 8ª Regional, Associação Regional de Saúde do Sudoeste e prefeitura de Francisco Beltrão. A solenidade contou com a presença do secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto; do prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, do deputado estadual Ademar Traiano, vice-prefeito Antonio Pedron, secretários municipais de Saúde e vereadores da região Sudoeste.

Até o dia 05, domingo, 300 pacientes de Francisco Beltrão devem realizar o procedimento. Um desses pacientes é o senhor Antoninho Zangrande, de 79 anos, que realizou a cirurgia na manhã de hoje. Ele disse que há quase um ano estava na fila para realizar o procedimento. No entanto, o problema cada vez mais se agravava sem que uma solução fosse apresentada pelo poder público. “Gosto muito de ler jornal, principalmente as notícias de economia e política. Sempre gostei de estar por dentro dos principais acontecimentos, mas, com esse problema na vista, estava ficando difícil porque as letras são muito pequenas e tudo ficava meio embaralhado. Agora vou poder voltar a ler meu jornal e levar uma vida melhor”, agradeceu ele.

Outra paciente foi a senhora Lurdes Alves de Deus, de 68 anos. Desde 2015 ela esperava a realização da cirurgia. Nem à missa a aposentada, moradora do bairro Cango, estava conseguindo frequentar com mais habitualidade por conta do problema no olho direito. “Enxergando melhor, vou poder retomar à minha rotina, aproveitar melhor a minha família”, destacou ela, que é mãe de quatro filhos e avó de sete netos.
Além do Mutirão da Catarata, houve também a entrega de equipamentos para a cardiologia do Hospital Regional, investimentos na ordem de R$ 800 mil, e entrega de um veículo seminovo para o Hemocentro de Beltrão. O secretário Caputo anunciou, ainda, a realização de uma segunda etapa do Mutirão da Catarata em Beltrão, nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro.

mais fotos

assista online

Apresentação do projeto de lei 276/2015 que propõe a criação de Centros de Zoonoses

conheça a trajetória política do reichembach clique aqui